• 2018

Atual: Bate-Papo “A Internet dos Trem” com Gustavo Moreira; Evento Cidades Inteligentes; Bate-papo com Bate-Papo com Guilherme Romero da CodeKids; Políticas de Inovação; 1ª Reunião do Conselho do Centri/UFTM; Reunião Parceiros do Parque Tecnológico de Uberaba; Bate-Papo com Kamir Duarte (Case de Sucesso da Electric Ink); Café no Parque; Reunião sobre Entidade Gestora; Minuta Lei Municipal de Inovação; Reunião Organização Hackaton Bombeiros; Bate-Papo no Parque com Savio Gonçalves (O que falta ao ser humano?);

  • 2017

Meetup Seed 4ª Rodada; Visita Técnica da UEMG; Aula com Alunos da UFTM- Empreendedorismo (prof. Vitor Naves); Startup Weekend Patos de Minas; Reunião UAITEC; Bate-Papo no Parque com Julia Dib (Google) e Ricardo Lima (Worldpackers); Road Show; Workshop Cidades Inteligentes; Bate-Papo no Parque com Paula Pandolfi (co-founder COLAB.RE); Hacka Tur; Bate-Papo no Párque com Kamila Milaneze; Programa FINEP Startup; Fóruns de Cidades Digitais; 29º Encontro GDG Uberaba com Patrícia Cicci; II Reunião Anual da RMI; IV Conbraf- Congresso Brasileiro de Fitossanidade; Bate-Papo no Parque com Anna Paula Graboski (CEO Landix); Reunião Centri- Núcleo das Empresas Juniores da UFTM; Liga Empreendedora Universitária; visita Comitiva da Prefeitura Municipal de Governador Valadares; Reunião EJUQUI (Empresa Júnior de Química); Bate-Papo no Parque com Julio Dario (Construindo Pontes: De Frentista de Posto a Empreendedor, uma Trajetória de Sucesso); INOV- Programa Municipal de Apoio à Inovação e a Modernização Empresarial; Reunião TRIEQ FEJEMG; Apresentação Validation Rocket; Bate-Papo no Parque com Leandro Oliveira (Propriedade Intelectual no Mundo Globalizado); XVI Jornada Científica FAZU; Visita UEMG; Bate-Papo no Parque com Pedro Moura (Google Developers Group); Reunião GT Políticas Públicas; Ideas for Milk; Desafio de Inovação Sankhya; Bate-Papo no Parque com Marcelo de Lucca (Permita-se Ir Além); Visita Empresas Juniores UFTM para FMC; Reunião Startup R em R; Fórum de Oportunidades de Negócios Sustentáveis com Biocombustíveis; Bate-Papo no Parque com Ana Calçado (co-founder e CEO da Wylinka); Lançamento Anuário U+20; Bate-Papo no Parque com Alonso Neto (Bitcoin, criptomoedas e o potencial da tecnologia blockchain); I Seminário Fotovoltaico.

  • 2016

Criação do Programa U+20 com a coordenação do Parque Tecnológico de Uberaba; Realização do evento Bom Dia Inovação, Elaboração da Minuta da Lei Municipal de Inovação (em desenvolvimento), Entrega de estrutura para criação de cinco ParqueLabs.

  • 2015

Elaboração da 1ª Chamada Pública para atração e instalação de empresas de base tecnológica e intensivas em conhecimento; Visita do Ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Sr. Aldo Rebelo, e Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Sr. Miguel Corrêa, para o fortalecimento do apoio do governo para o Parque; Aprovação da instalação da empresa Nelltech; Apoio à realização do Workshop Brasileiro do Fertilizante; Regulamentação do Fundo Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação; Redação da Lei Municipal de Inovação para vários segmentos; Definição da nova logo do Parque e fortalecimento da sua identidade visual; Desenvolvimento do Diagnóstico acadêmico de Ciência, Tecnologia e Inovação de Uberaba; Início do Diagnóstico empresarial de Ciência, Tecnologia e Inovação de Uberaba; Apoio à realização de eventos em parceria com instituições parceiras como Uniube (IBM – Programa Global de Empreendedorismo, Feira de Talentos, Uniube Aberta, ENTEC, Workshop para empreendedores), UFTM (Semana de empreendedorismo) e SEBRAE (Workshop de Captação de Recursos para empresários de TI associados); Apoio ao fortalecimento da Associação das Empresas e Profissionais Autônomos do segmento de Software e Hardware de Uberaba – UTEC.

  • 2014

Elaboração dos Projetos Urbanísticos e Arquitetônicos do Parque pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação – SECTES; realização da segunda e terceira edições do Seminário Uberaba Inovadora; Liberação de recursos para construção do Centro de Inovação; Estruturação do CNTG – Centro Nacional de Tecnologia em Turbinas à Gás; início da consultoria prestada pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras – CERTI para consolidação do Parque; Criação do Grupo de Inteligência Setorial de Química.

  • 2013

Execução do Projeto FINEP; realização do Seminário Uberaba Inovadora; Lançamento do Edital Sebraetec; realização do Encontro Setorial de Tecnologia da Informação; apoio à realização da II Semana Universitária de Engenharia Química da UFTM – SUEQ;

  • 2012

Recursos no total de R$ 2.695.000,00 disponibilizados ao Parque Tecnológico de Uberaba pela Financiadora de Estudos e Projetos – FINEP

  • 2010

Criação do Instituto Parque e inauguração da Primeira Etapa do Instituto de Ciências Tecnológicas e Exatas – ICTE da UFTM no Parque Tecnológico.

  • 2008

Criação do Conselho Gestor do Parque Tecnológico e de Fundo para a sustentação do empreendimento; Cessão de 50 hectares no Parque para a Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM

  • 2007

Convênio entre Prefeitura, EMBRAPA e EPAMIG para criação formal do Parque.

  • 2005

Retomada, pela Prefeitura de Uberaba, do Parque Tecnológico como uma das prioridades para o desenvolvimento do município.

  • 2004

Termo de Compromisso para resgate e implantação do Parque Tecnológico de Uberaba.

  • 1997

Implantação das duas primeiras empresas no Parque Tecnológico, a CEMIG e a CONSIST Informática.

  • 1996

Inauguração do Parque Tecnológico de Uberaba, nos 766 hectares da Fazenda, dos quais 160 foram adquiridos pela Prefeitura de Uberaba.

  • 1993

Assinatura de Termo de Compromisso que criou o Parque Tecnológico de Uberaba e a realização do Workshop Uberaba Agrotecnópole Brasileira.

  • 1992

1º Colóquio Franco-Brasileiro de Tecnópoles, onde especialistas franceses e brasileiros discorreram sobre Tecnópoles e Parques Tecnológicos. Dessas reuniões emergiu a percepção de que a FEGV poderia ser transformada num complexo de ciência, tecnologia e inovação, destinado a impulsionar competitivamente do município e região.

  • 1970

Criação da Embrapa e da Epamig que assumiram a FEGV;

  • 1940

Criação da Fazenda Experimental Getúlio Vargas (FEGV) com o objetivo de ser um centro nacional de pesquisas da pecuária;